Terapias

Terapias

17 Dezembro 2015

Reabilitação labiríntica ou vestibular

Avalie este item
(0 votos)
378 vezes

Conjunto de exercícios e/ou manobras direcionadas que promovem a

recuperação do equilíbrio corporal, diminuindo ou eliminando os sintomas associados de forma mais rápida e efetiva, já que evitam que o paciente desenvolva compensações erradas. Esse processo procura restabelecer o equilíbrio, acelerando e estimulando os mecanismos naturais de compensação, permitindo que o paciente retome seus movimentos e atividades como estava costumado a fazer.

O otorrinolaringologista é o médico responsável pelo diagnóstico das doenças que acometem a audição e o equilíbrio, e também pela decisão do tratamento mais adequado para cada caso. O fonoaudiólogo é o especialista responsável pela elaboração desse plano, para que seja individualizada e personalizada e os resultados atingidos de forma mais rápida e eficaz.  A Reabilitação Vestibular tem sido considerada efetiva em mais de 85% dos casos de pacientes com queixas de tontura.

7c49ba05 066e 45bb bc40 620d23c911c9

  • Última modificação em 14/06/2016 - 15:43
17 Dezembro 2015

Reabilitação Auditiva

Avalie este item
(0 votos)
392 vezes

A terapia fonoaudiológica nos casos de deficiência auditiva com adaptação de próteses auditivas ou implante coclear é fundamental. A criança que utiliza estes equipamentos precisa aprender a escutar os sons e entendê-los. Após, ela aprenderá a fala, sendo estimulada a produzir e a entender os sons que compõem as palavras. Este processo de reabilitação necessita do apoio dos familiares da criança e de um acompanhamento de diversos profissionais. É muito importante destacar que o aprendizado da língua de sinais não impede que a criança aprenda a linguagem oral. Pelo contrário, nos casos de pais surdos e crianças surdas, o domínio da língua de sinais é fundamental para a evolução da criança e não impede que a oralização aconteça paralelamente e com excelentes resultados terapêuticos!

17 Dezembro 2015

Processamento Auditivo

Avalie este item
(0 votos)
493 vezes

Processamento Auditivo é um conjunto de processos e mecanismos que ocorrem dentro do sistema auditivo, responsável por diversas habilidades para ouvir e entender o que está sendo ouvido. Alterações nessas habilidades levam ao transtorno do processamento auditivo, diagnosticado por meio de exames e testes otorrinolaringológicos e audiológicos precisos. As principais características são: dificuldade em ouvir em ambientes ruidosos ou com diversas pessoas conversando ao mesmo tempo, dificuldade em compreender a fala, atenção em tempo curto, distúrbios de linguagem oral e escrita, déficits na organização e sequencialização de estímulos auditivos, dificuldade em seguir direções, tempo maior para emissão de respostas, entre outros. A terapia fonoaudiológica nestes casos tem o objetivo de estimular as habilidades que estão deficitárias, buscando aprimorar a audição, conforme as condições de cada indivíduo.

terapia10

17 Dezembro 2015

Dicção e Oratória

Avalie este item
(1 Voto)
604 vezes

A atuação fonoaudiológica não visa apenas tratar alterações, mas também aprimorar habilidades comunicativas, tornando o discurso da pessoa ainda mais brilhante, transmitindo desenvoltura, confiança e dinamismo nas situações de exposição oral sob forte tensão e estresse (apresentações de trabalho e palestras, aulas, entrevistas de emprego, entre outras). As atividades terapêuticas nesta área envolvem técnicas para melhorar articulação e fluência da fala, produção da voz, respiração adequada, controle do nervosismo, evitar o “branco” e vícios de linguagem, conquistar ouvintes hostis e indiferentes, falar com desembaraço, responder perguntas com segurança e argumentar sob pressão, projetando uma imagem confiante e sem constrangimento. Qualquer dificuldade nestes aspectos pode ser auxiliada por um fonoaudiólogo que trabalhe com comunicação oral, dicção e oratória.

terapia9

17 Dezembro 2015

Voz

Avalie este item
(0 votos)
438 vezes

Voz é som que é produzido pelas pregas vocais, conhecidas popularmente como “cordas vocais”. O distúrbio de voz é conhecido como rouquidão. Na clínica, são desenvolvidas atividades para prevenir estes distúrbios e também para melhorar a voz do paciente, tornando-a bonita, clara, confortável conforme as condições de cada pessoa. O fonoaudiólogo atua com profissionais de voz falada (professores, vendedores, empresários, entre outros), com profissionais de voz cantada (cantores populares e líricos) e qualquer indivíduo que apresente distúrbios nessa área, sejam eles de origem muscular, funcional, neurológica, oncológica (câncer) ou psicológica.

terapia8

Centro Profissional Atlântico

 

Policlínica Capão

Últimas Notícias

  • Reabilitação labiríntica ou vestibular Conjunto de exercícios e/ou manobras direcionadas que promovem a recuperação do…
  • Qual a diferença clínica entre gripes, resfriados, rinites e rinossinusites? Os sintomas da gripe e do resfriado podem ser semelhantes,…
  • Quando a cirurgia está indicada para a resolução da obstrução nasal? A cirurgia está indicada nos casos em que alterações anatômicas…

Encontre-nos no Facebook